Análise dos mecanismos psiconeuroimunoendócrinos que regulam a imunidade celular em idosos saudáveis

#publicaciencia

Tese de Clarice Luz

RESUMO: Envelhecimento está associado com alterações imunológicas que se assemelham às observadas no estresse crônico e no tratamento com glicocorticói-des (GCs). Estas mudanças incluem a involução tímica, redução das células T CD4+, aumento de citocinas do perfil Th2, aumento das células NK e redução da proliferação de linfócitos T. Esses dados sugerem que a imunossenescência pode estar intimamen-te relacionada ao estresse psicológico e aos hormônios do estresse. O presente estu-do analisou as interações das variáveis psiconeuroendócrinas na imunorregulação no envelhecimento estritamente saudável. Métodos: Participaram neste estudo 46 idosos (72,0 ± 8,5 anos) e 33 jovens (28,0 ± 6,8 anos) saudáveis recrutados pelo protocolo SENIEUR. As variáveis psicológicas (estresse, ansiedade e depressão) foram aferidas através de escalas psicométricas. Amostras de saliva foram coletadas (9, 12 e 22h) para dosagem de cortisol e dehidroepiandrosterona (DHEA) (radioimunoensaio). As células mononucleares (PBMCs) foram isoladas do sangue periférico e cultivadas por 24-96 horas com estímulos para as células T (fitohemaglutinina, PHA) e macrófagos (lipopolissacarídeo). Avaliou-se a produção de citocinas pró-inflamatórias (TNF-&#61537, e IL-6), IL-2R e hGH nos sobrenadantes das culturas celulares. Também avaliou-se a sen-sibilidade das células T a glicocorticóides (dexametasona e cortisol) in vitro. Resulta-dos: Os idosos apresentaram-se mais estressados, ansiosos, deprimidos e com níveis aumentados de cortisol salivar e diminuição de DHEA e hGH sérico. Os idosos apre-sentaram uma diminuição significativa da proliferação celular, sem alterações nos ní-veis de IL-6, TNF-&#61537,, IL-2R e hGH imunorreativo, quando comparados com os jovens adultos. Os idosos ainda apresentaram uma resistência celular significativa aos GCs. Conclusão: Demonstramos que o envelhecimento humano estritamente saudável a-presenta alterações psiconeuroendócrinas que podem estar associadas com a imunossenescência.

Hits: 78

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *