A aplicabilidade da moderna teoria de portfólios em títulos de renda fixa internacionais

#publicaciencia

Dissertação de Fabrício Caprio Macastropa

RESUMO:  Segundo o artigo “Effects of Financial Globalization on Developing Countries: Some Empirical Evidence”, publicado pelo Fundo Monetário Internacional em 17 de março de 2003, a globalização financeira, definida como o aumento dos fluxos de capitais e investimentos entre países, contribuiu para o desenvolvimento do mercado de títulos de renda fixa internacional. A grande necessidade de recursos financeiros para o pagamento de dívidas e investimentos em diversos setores produtivos faz com que os governos utilizem-se de captações externas. Neste contexto, investidores interessados na obtenção de retornos superiores, compram esses títulos, diversificam suas carteiras de investimento e usufruem dos rendimentos que estes possibilitam, sejam sob a forma de cupom e/ou ganhos de capital.O trabalho de Harry Markowitz (1952), “Portfolio Selection”, cuja principal contribuição é a distinção entre a variabilidade do retorno de um ativo financeiro e seu impacto no risco de uma carteira de investimento, possibilita que, desde que se disponha de um conjunto de dados, constitua-se carteiras que forneçam o menor nível de risco para um determinado nível de retorno de investimento. Este estudo propõe investigar se o trabalho desenvolvido por Harry Markowitz em 1952 é aplicável entre o período de janeiro de 2004 e dezembro de 2005 na composição de carteiras diversificadas de investimento. Para este propósito, todos os títulos de dívida emitidos pelos governos americano, brasileiro, argentino, mexicano e venezuelano no exterior, em dólares americanos, com datas de emissão até dezembro de 2003 e vencimento superior a dezembro de 2005 foram extraídos do Euroclear Bank (“Clearing House”). Cotações e dados complementares foram obtidos do sistema de informações financeiras Bloomberg, auxiliando na filtragem dos dados. A aplicação de vários testes permitiu concluir que, em média, ao adicionar ativos de países considerados emergentes da América Latina, os portfolios apresentam retornos superiores. Testes sobre distribuição dos retornos históricos dos títulos de dívida emitidos pelo governo brasileiro foram realizados, encontrando-se que seguem uma distribuição normal. Alguns questionamentos surgiram durante o trabalho, como a influência do aumento da taxa básica de juros americana “Fed Fund” sobre o retorno dos portfolios, a influência de legislações entre diferentes jurisdições, sendo objeto de estudos futuros.

Hits: 42

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *