A aderência às exigências normativas dos pareceres da auditoria independente emitidos às empresas do setor elétrico brasileiro

#publicaciencia

Dissertação de Marcelo Haendchen Dutra

RESUMO: A presente dissertação tem como objetivo verificar a aderência às exigências normativas na emissão dos pareceres da auditoria independente para as companhias do setor elétrico
brasileiro. Para atingir o objetivo proposto realizou-se um estudo do tipo survey em uma amostra de relatórios emitidos entre 1999 e 2006, referentes às demonstrações contábeis dos exercícios findos em 1998 a 2005, selecionados a partir da base de dados da revista Balanço Anual da Gazeta Mercantil. A pesquisa tem caráter exploratório-descritivo e utiliza a técnica de análise de conteúdo para a análise e interpretação dos dados. As abordagens são realizadas tanto no âmbito qualitativo quanto no âmbito quantitativo. São averiguados 136 pareceres da auditoria independente por intermédio da confrontação dos parágrafos contidos nesses documentos com os pontos normativos elencados de acordo com as normas de auditoria independente emanadas pelo órgão regulador, o Conselho Federal de Contabilidade, e permite a constatação de 936 freqüências, divididas em aderentes e não-aderentes. O trabalho inicia pela introdução ao tema, que inclui a abordagem metodológica utilizada na pesquisa, seguida da fundamentação teórica e da descrição e análise dos dados pesquisados. Por fim são apresentadas as conclusões e as recomendações para futuras pesquisas. A pesquisa evidencia que não são completamente aderentes às exigências normativas os pareceres da auditoria independente emitidos para as companhias do setor elétrico brasileiro. Observa-se, ademais, que essa situação tem se tornando mais freqüente nos últimos anos. Assim, o trabalho trata de discutir os pontos considerados mais relevantes visando contribuir para melhoria do processo de elaboração do relatório final da auditoria independente.

Hits: 40

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *