3-alcoxi-4-hidroxi pirrolidin-2-onas, 2-metilsulfanil pirimidina, enoilcarbamatos e 3-dialcoxi fosforiloxi trialometilados: síntese e potencial inibitório sobre a atividade da enzima

#publicaciencia

Tese de Adriana Dornelles Carpes Obregon

RESUMO: Este trabalho apresenta um estudo de várias classes de compostos orgânicos: enamino compostos, γ-aminoálcoois, oxazinonas, oxazinas, diidrofuranonas, pirrolidin2-onas, 2-metilsulfanil pirimidina, enoilcarbamatos e 3-dialcoxi fosforiloxi trialometilados sobre a atividade da enzima acetilcolinesterase. Também demonstra o
efeito per se de solventes orgânicos sobre a atividade da AChE em diferentes estruturas cerebrais de rato. As 3-alcoxi-5-hidroxi-5-trifluormetil pirrolidin-2-onas N-alquiladas e N-O-alquiladas e os enoilcarbamatos trifluormetilados mostraram efeito inibitório significativo (p<0,05) sobre a atividade in vitro da AChE de estriado cerebral de rato, na concentração de 1,0 mM. A dimetil-(2-metilsulfanil-4-triclorometil-6-pirimidinilmetoxi)etil]
amina mostrou efeito inibitório significativo (p<0,001) sobre a atividade in vitro da AChE de estriado cerebral de rato na concentração de 0,1mM. O efeito in vivo dessa pirimidina foi significativo (p<0,001) na concentração de 10 mg/Kg sobre a atividade da AChE em estriado cerebral e membrana de eritrócitos de rato. Finalmente, as 3-dietoxi-fosforiloxi carbamatos de etila trifluormetilados mostraram efeito inibitório significativo (p<0.001) sobre a atividade da AChE purificada em concentrações a partir de 0.001 mM.

Hits: 5

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *